Condições de trabalho e seu impacto psicológico

Tendo em vista que estamos no mês de prevenção ao suicídio, resolvemos fazer uma matéria sobre um assunto ignorado por muitos, mas que é responsável por grande parte dos suicídios: As condições de trabalho, que afetam diretamente a saúde psicológica dos funcionários.

Hoje, todos os funcionários de qualquer fábrica que seja, bem como trabalhadores de outros setores, desfrutam de leis trabalhistas que definem os direitos e deveres dos empregados.

Entretanto, nem sempre foi assim, desde a Revolução Industrial, iniciada na Inglaterra em meados do século XVIII, até a Revolução Industrial 4.0, iniciada no século atual, muito aconteceu no que diz respeito à visão que as pessoas têm do trabalho.

Antigamente, as fábricas não eram ambientes adequados de trabalho, tinham péssimas condições de iluminação e ventilação. Não haviam medidas nem equipamentos de segurança para os operários. A jornada de trabalho chegava até 16 horas por dia, sem direito a descansos e férias.  O resultado disso foi que muitos funcionários se acidentavam e contraíam graves doenças, tanto físicas como mentais, tanto é que a média de vida dos trabalhadores era muito baixa comparada à de hoje.

O trabalho se tornava algo contínuo, repetitivo, mecanizado. Muitos não sabiam nem qual era o produto final, e essa função muitas vezes não correspondia ao valor do que ele era capaz de produzir. É importante que o trabalhador saiba para o que está construindo, do que ele faz parte. Um bom exemplo atual para ser seguido é o da empresa Cacau Show, em que a última caixa de ovos produzida no ano é passada de mãos em mãos em uma grande fila indiana até chegar ao caminhão, é um ritual muito especial em que todos se sentem fazendo parte da história da empresa.          

Desde que as empresas entenderam que colaboradores mais felizes e motivados produzem mais e melhor, a preocupação com a qualidade de vida no trabalho passou a ser um dos maiores desafios do meio corporativo. No entanto, a qualidade de vida no trabalho não está, apenas, relacionada ao clima organizacional. Permanecer em uma função considerada ruim, com condições inadequadas, que não faz com que a pessoa se sinta acolhida e valorizada pode desencadear sérios problemas de saúde física e psicológica.

Hoje, uma das maiores fraquezas nas fábricas é o uso de máquinas em mau estado. Além de prejudicar a produtividade dos empregados, oferece sérios riscos à saúde e segurança no trabalho. Por isso, é importante sempre estar atento se os equipamentos estão adequados as normas NR-12.

A saúde física e mental dos funcionários é um assunto sério, que foi negligenciado durante muito tempo na história industrial. Chega de ignorar essa realidade, a vida das pessoas deve ser o bem de maior valor dentro da sua empresa.

 

Atendimento via WhatsApp Atendimento via WhatsApp